Você é faminto por sua vida?

Sua rotina é vivida como mais um dia? Ou você acorda com apetite de ser mais?

Outro dia, ouvi do Gerônimo Thelm, um cara que admiro muito, sobre como é bom comer quando a gente está com apetite! A gente come com a boca boa. Bem diferente de quando a gente tem que comer, mesmo sem estar com fome. A comida desce até quadrada.

E ele estava fazendo este paralelo com a nossa vida. E claro que na hora me lembrei da famosa frase que Steve Jobs imortalizou no famoso discurso de Stanford de 2005:

Stay hungry, stay foolish.


STAY HUNGRY!

Comecei a entender só depois que prestei atenção no que o Gerônimo dizia – e por coincidência ou não, passei por uma semana de muito pouco apetite, comendo só porque era preciso. Viver a vida sem ter apetite por ela, é como comer sem se sentir fome! Não tem lógica alguma…

hungry.gif

Precisamos descobrir o que nos faz ter esse apetite pela vida!

Você se lembra dos seus sonhos de criança? O que você queria ser quando crescer?

E seus sonhos de hoje? Você age para realizá-los?

Encontrar nossos maiores sonhos traz essa fome de viver! Ficamos famintos pelas possibilidades de realizações e assim, agimos e criamos nossa realidade.

O que me faz acordar com fome todos os dias, é saber como eu posso impactar a vida de pessoas através do meu trabalho!

É pensar que eu posso criar a realidade que eu vivo! ISSO me faz ter tesão pela vida!


STAY FOOLISH!

Socrates.jpg

Só sei que nada sei, o grande filósofo grego Sócrates já dizia!

 

Reconhecer nossa ignorância, o não saber de tudo, é chave para o

nosso desenvolvimento!

Este é o primeiro passo para buscarmos mais! Irmos além dos nossos limites de conhecimentos e interesses.

O mundo é muito grande e temos mil possibilidades. Mas é preciso pensar:

Para alcançar meu sonho/objetivo/desejo – quais são as competências que eu preciso trabalhar em mim?

Você já pensou nisso? Para conseguir aquela promoção no emprego, para se desenvolver pessoalmente, qual qualidade você tem que adquirir ou aprimorar?

Mantenha-se ávido por conhecimento e verá como sua jornada será mais leve até alcançar o que quer.

Faz sentido para você?

Se pergunte: Acordo com fome de viver ou vivo um dia após o outro sem esperança de sonhos maiores?

Caso a resposta te incomode, fique tranquilo, está nas suas mãos traçar um novo caminho e criar uma nova história.

Mas para isso,

Stay hungry, stay foolish.

 

Autor: Nat Gaia

Ariana, mãe do Monet um Schnauzer que adora comer caderno, fascinada por organização, principalmente do tempo - porque assim consegue colocar muita coisa em ação - e planejadora de vidas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s