O livro que mudou minha vida! O Milagre Da Manhã

O Livro que mudou minha vida!

TMM
O Milagre da Manhã

Sei que dizendo isso, eu acabo aumentando muito as expectativas de leitura de vocês, mas o que eu posso fazer se essa é a mais pura verdade!?

Quer entender como um livro chamado O Milagre da Manhã mudou minha vida?

Bom, estava passando por uma fase de descobrimento em minha vida. Trabalhava em uma grande empresa, mas ainda não me sentia completa. Tentava ver sentido naquela vida que eu estava tendo de: trabalho > casa > trabalho e via que faltava algo.

Comecei a buscar coisas diferentes, leituras diferentes, atividades diferentes e formas de me organizar melhor para acompanhar meus hábitos, minhas ações. E foi bem nessa época que comecei a fazer yoga e a meditar.

Enquanto buscava vídeos de yoga e meditação no youtube, me deparei com uma palestra do autor do livro – O Milagre da Manhã – ele se chama Hal Elrod, e na palestra ele falava um pouco do que tinha escrito e como ele havia estudado os hábitos de pessoas bem-sucedidas e compilou tudo em 6 hábitos. Assisti toda palestra e resolvi comprar o livro para entender mais.

Logo no começo do livro, um tapa na cara!

“Quando nascemos, todo mundo nos afirma que podemos fazer, ter e ser qualquer coisa que a gente quiser quando a gente crescer. Agora que a gente cresceu, estamos fazendo, sendo e tendo tudo o que a gente queria?”

Na hora pensei… Cara, realmente, não estou fazendo, nem sendo o que eu queria ser.

Continuei lendo a explicação dele do motivo de fazer os hábitos pela manhã. E ele lança: A forma que você acorda e encara sua rotina matinal, define a energia e como será o restante do seu dia. Chocante!!! Tudo fazia sentido para mim!

E não parou aí! Ele ainda disse: sabe aquela sonequinha que a gente coloca no despertador? Não significa que a gente vai ter mais 5 ou 10 minutinhos de sono, significa que a gente não está preparado para começar nosso dia!

Nossa! Essa me pegou de jeito! Comecei a ver que eu realmente estava vivendo “chutando latinha”, sem energia, sem ânimo e que isso não iria me levar para lugar algum.

Pronto, me identifiquei e senti uma vontade de mudar tudo! E resolvi encarar o desafio de criar novos hábitos matutinos.

Os hábitos são: Silêncio, afirmações, visualização, exercício físico, leitura, escrita.

O autor fala que o ideal é acordar uma hora mais cedo do que normalmente acorda, para praticar 10 minutos de cada hábito, antes da gente começar a se arrumar para o trabalho/escola. Mas é importante que cada um se identifique com o tempo ideal para cada hábito.

Silêncio:

Ideal para meditar, fazer uma oração, focar em pensamentos positivos, focar na respiração. O objetivo, é aquietar a mente.

Afirmações:

É simplesmente para nos dizer palavras de encorajamento, para enfrentarmos nossos desafios diários com coragem e determinação.

Ex: Hoje meu dia vai ser excelente! Vou conseguir mais clientes! Vou bater minha meta! Etc…

Visualizações:

É quando a gente concentra na visualização dos objetivos que ainda vamos atingir. Como vai ser o momento de bater a meta, ou conquistar algo maior? Como a gente vai se sentir? Como a gente vai estar?

Exercícios Físicos:

Esta parte é interessante para que a gente aumente o nossa oxigenação e fluxo sanguíneo para o cérebro. Não precisa ser nada muito elaborado, ou demorado. Alguns minutinhos de polichinelo ou agachamento são suficientes para isso. É meio que para acordar o corpo. Eu particularmente me encontrei na Yoga.

Leitura:

São nestes minutos da leitura que a gente alimenta nossa mente com ideias boas, e construtivas. Escolha livros que vão agregar para o seu dia-a-dia, ou para o seu desenvolvimento. Lendo 10 páginas por dia, todos os dias é o suficiente para que você leia mais de 10 livros ao longo de um ano (variando com o tamanho do livro!).

Escrita:

Quando a gente escreve nossos pensamentos, a gente consegue processar melhor nossas ideias, refletimos mais, e nos tornamos mais autoconscientes de nós mesmos.

Desde que li este livro, que pratico estes hábitos. E vejo que a principal mudança foi na minha forma de ver a vida, de encarar os desafios e abraçar tudo o que me faz evoluir.

E você? Se identificou de alguma forma?

Já leu também o livro? O que achou?

Até a próxima dica de livro!

Autor: Nat Gaia

Ariana, mãe do Monet um Schnauzer que adora comer caderno, fascinada por organização, principalmente do tempo - porque assim consegue colocar muita coisa em ação - e planejadora de vidas.

10 pensamentos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s